Ir para conteúdo principal
conteúdo do menu
Conteúdo Principal
25/10/2023 Secretaria Municipal de Inovação e Empreendedorismo

Empresas pesquisadas pelo Balanço Econômico de Garibaldi somam R$ 3,78 bilhões de faturamento

COMPARTILHAR NOTÍCIA

O faturamento das 83 empresas que participaram da pesquisa da 24ª edição do Balanço Econômico de Garibaldi foi de R$ 3,78 bilhões. Mesmo com duas empresas a menos do que na edição anterior, o volume é 11,18% superior ao registrado na edição anterior da publicação.

A apresentação dos dados econômicos de 2022 foi realizada na manhã de quarta-feira, 25 de outubro, na sede de CIC. Na ocasião, os responsáveis pela análise das informações coletadas, Mônica Beatriz Mattia e Eduardo Tomedi Leites, destacaram que o ano foi caracterizado pela reestruturação do comportamento de produção e consumo, principalmente pelos dois anos anteriores terem sido marcados pela pandemia.

Editado desde 2000 ininterruptamente, o Balanço Econômico é uma iniciativa da CIC Garibaldi em parceria com a Prefeitura e a UCS, com apoio dos escritórios contábeis, e leva em consideração o desempenho das empresas tendo como indicadores: receita líquida, salários e encargos, lucro operacional, impostos sobre vendas e patrimônio líquido.

“A localização de Garibaldi, a diversidade da matriz produtiva local na indústria, comércio e serviços, o forte empreendedorismo, a capacidade de poupança, as atividades turísticas e o cuidado especial com a arquitetura e urbanismo da cidade tem sido capazes de manter uma dinâmica de crescimento, apesar dos reveses da pandemia e da conjuntura econômica nacional”, destacou a economista Mônica Mattia.

Para o presidente da CIC, Carlos Bianchi, resultados dessa pesquisa fornecem dados que comprovam a importância do empreendedorismo para a economia local e indicam que a inovação e persistência são grandes ferramentas para superar os recentes períodos de dificuldade.

“Encontramos, no Balanço Econômico, um verdadeiro exemplo da importância desta atuação, indicando a relevância do setor produtivo para a construção do desenvolvimento de nossa comunidade em todos os seus aspectos, como o econômico, social, humano e de qualidade de vida”, salientou o dirigente.

O prefeito, Sérgio Chesini, afirmou que os desafios do município são muitos e cotidianos. “Dentro de nosso planejamento, procuramos contemplar todas as áreas, sobretudo o setor produtivo, que gera riquezas e atrai investimentos para nossa região e, com isso cria oportunidades para que todos possam contribuir para o seu desenvolvimento individual e de toda a comunidade”.

Levando-se em consideração os critérios de desempenho analisados, a Tramontina Garibaldi manteve o melhor resultado entre as Indústrias, a Cooperativa  Agrícola Cairú, entre as empresas do Comércio, e a Transportes Biano, no setor de Serviços.

 

As 20 melhores empresas


Tramontina Garibaldi
Madem
Nutrire Indústria de Alimentos
Cooperativa Vinícola Garibaldi
Ricefer Equipamentos Inox
Frigorífico Nicolini
Aleplast Embalagens Plásticas
Cooperativa Agrícola Cairú
Telasul Indústria de Móveis
DPS Distribuidora de Produtos Siderúrgicos
Modelo Vidros
Metalúrgica Simonaggio
Metalgava Indústria e Comércio
Tibre Indústria Metalúrgica
Transportes Biano
Águia Soluções Tecnológicas em Aço Inox
Hospital Beneficente São Pedro
Rápido Garibaldi
Granja Caravajio
Metalúrgica Açopema
 

Fonte: CIC Garibaldi

Fotos: Cassius André Fanti

Conteúdo Rodapé